IMG_6260.JPG

20ª edição do GEduc reúne mais de 700 gestores educacionais para debater
a transformação da educação

Durante três dias, o principal evento de gestão educacional do país contou com a participação ativa de mais de 50 marcas e players do setor para discutir a nova era da educação

São Paulo, março de 2022 – O GEduc chegou à 20ª edição em 2022, retomando as atividades presenciais depois de dois anos no formato online devido à pandemia da Covid-19. Durante três dias (30/03 a 1º/04), o evento não apenas movimentou os corredores do Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, com mais de 700 congressistas e 50 marcas expositoras, como trouxe debates atuais para o setor educacional. Com o mote “A Transformação da Educação - Enxergando Futuros”, o GEduc comemorou duas décadas com a discussão de assuntos de relevância, como competências socioemocionais, gestão, inovação, empreendedorismo, família, disrupção e soluções tecnológicas.

IMG_6328.JPG

O congresso teve a presença de keynote speakers aguardados, como José Salibi Neto, Geraldo Rufino, Sofia Esteves (DMRH e a Cia. de Talentos), Carlos Piazza (Teach the Future – Brasil), além de palestrantes prestigiados que puderam expor trabalhos e pesquisas em sessões orientadas por eixos. Houve espaço para muitas trocas e intercâmbios de pensamentos, tendências e informações. 

“O GEduc 2022 foi repleto de novidades. O tema dessa retomada presencial foi a transformação da educação com ênfase no que o futuro nos reserva. Tanto os palestrantes quanto os keynote speakers fizeram apresentações à altura da nossa curadoria”, salienta Sonia Simões Colombo, CEO da HUMUS Consultoria.

Dividido em eixos específicos, o cronograma foi além, contemplando várias agendas: acadêmica, inovação, gestão de pessoas, marketing, liderança, ensino híbrido, habilidades socioemocionais e edtech. A abertura do evento contou com a palestra sobre “A gestão do amanhã”, ministrada por José Salibi Neto. Além de ser um autor best-seller, Salibi conviveu e trabalhou por mais de duas décadas com grandes pensadores e tem seu nome imediatamente associado à introdução no Brasil dos principais conceitos da Gestão Contemporânea nos últimos 25 anos.

 

Geraldo Rufino, eleito uma das 500 pessoas mais influentes da América Latina, também trouxe um questionamento importante para a educação: “você vai deixar o futuro te atropelar?”. Com as constantes mudanças do setor educacional, refletir sobre o futuro traz a conscientização sobre os desafios que os gestores e educadores ainda vão enfrentar nesse contexto.

IMG_5977.JPG

Entre as tendências do setor, o tema de habilidades socioemocionais e a saúde mental também foram muito discutidos. Os palestrantes Lino de Macedo da USP, o Dr. Celso Lopes de Souza, da Semente Educação, e a Dra. Roberta Payá, psicoterapeuta familiar, apresentaram uma roda de conversa sobre a família como integrante do processo de desenvolvimento dessas competências.

 

Em tecnologia, o GEduc 2022 trouxe, junto à Foreducation, o espaço Edtech Experience, especialmente planejado para conhecer soluções tecnológicas com foco em aperfeiçoamento pedagógico e acadêmico. Uma das marcas participantes foi a Layers Education, edtech que oferece soluções de unificação de aplicativos para a gestão de instituições de ensino. Este foi o primeiro evento presencial em que a startup participou. "Iniciamos o ano com saldo muito positivo. O GEduc nos proporcionou momentos importantes para fomentar o desenvolvimento do setor. Levar empresas como a nossa, que possuem soluções disruptivas, são imprescindíveis para tornar a educação cada vez mais democrática e acessível por meio da tecnologia", declara o CEO da Layers Education, Danilo Yoneshige.

E ao falar de inovação, também é preciso debater sobre as novas metodologias. Vinícius Beltrão, Coordenador de Ensino e Inovações do SAS Plataforma de Educação, e o Prof. Dr. Eloi Francisco Rosa, da Universidade Santo Amaro, compuseram a mesa XI no “Fórum de Inovação Acadêmica”, discutindo sobre “Metodologias ativas em modelos passivos”. De acordo com Beltrão, a proposta de metodologias ativas tem mais de um século de existência, mas “se ainda precisamos falar sobre isso, é porque não está totalmente resolvido e pode evoluir”.

 

Para atender a todas essas demandas do século XXI, com tecnologias e inovações, os gestores devem pensar em quais as habilidades que precisam ter como líderes do futuro. Danilo Costa, fundador do Educbank, a principal competência que o líder do futuro deve ter é a capacidade de ressignificar. "Esse é o principal atributo de um líder do amanhã", afirmou durante o VII Fórum de Líderes Educacionais, que fez parte da programação do GEduc 2022.

IMG_7612.jpeg

Sonia Colombo explica que um dos principais objetivos desta edição do GEduc foi estar alinhado e aliado com as novas tecnologias e os seus benefícios. “A educação precisa continuar evoluindo, de modo a ajudar na formação de alunos. Logo, precisamos apostar nas habilidades, conhecimentos, diferentes estratégias e metodologias eficazes. Acreditamos que nosso calendário em 2022 cumpriu essa meta inicial”, finaliza.

 

Sobre o GEduc – O principal congresso de gestão educacional do país acontece há 20 anos, reunindo os principais players da área para dias de imersão que envolvem palestras e debates de alto nível. O evento é promovido pela HUMUS, empresa que realiza capacitações para gestores de universidades e escolas, além de possuir soluções em consultoria e seleção de profissionais – serviços também exclusivos para o segmento educacional. Com palestrantes de renome, o GEduc é um evento fundamental para os gestores educacionais brasileiros.

g19-pos_editado.jpg

OS 20 ANOS DE GEDUC EM NÚMEROS

20

ANOS

520

TEMAS

950

PALESTRANTES

15.000

PARTICIPANTES

 

FICOU COM ALGUMA DÚVIDA?

Fale com a gente. A nossa equipe está pronta para te ajudar

Obrigado!